Judô

Judô Clube Armênio
Sábados às 8:30, 9:00 e 10:30 .
Sensei Paulo Katchborian, Coordenador Sensei Roberto Katchborian
Informações e contatos: (11) 9 5878-3496
 

JUDÔ, O ESPORTE QUE ESTÁ NA GENÉTICA DOS ARMÊNIOS.

 
O Judô é um esporte, que tem por finalidade uma luta corporal, foi metodizado pelos japoneses, mais precisamente por Jigoro Kano nos meados de 1800.
Suas origens derivam de épocas em que os seres humanos disputavam a vida palmo a palmo.
Brigas, disputas, domínios, e empoderamento, existiram em diversas partes do mundo, onde, sempre os ditos mais fortes tentaram se prevalecer de alimento, ambiente e relacionamento. 
Naturalmente as lutas corporais foram sendo aprimoradas e existiam no mundo todo, como o Ju-jutsu, Karatê, Krav-maga, e muitas outras.
Quanto mais desafiada uma sociedade, ou nação, mais ela treinava métodos de se defender da violência que existiu no planeta nos primórdios da civilização, já que os menos humanizados sempre tinham seus métodos de ataque e subjugação.
Assim, no mundo todo, cada nação desenvolveu seu estilo e modo próprio de lutar, defender , e inclusive, atacar,
Mas Jigoro kano, médico aos 21 nos de idade, e que no século 18 já tinha uma escola de idiomas e inglês, vislumbrando uma realidade futura, e agora atual,foi o primeiro a metodizar um briga corporal, uma luta e um método de ataque e defesa num sistema de treinamento repetitivo de ensino, já que no Japão feudal a subjugação física era comum na época. Ele próprio, que era de estatura pequena e franzina, sofreu constantes subjugações durante sua infância e adolescência
Kano, através da observação minuciosa das técnicas, e visão de ensino, uniu diversas artes e técnicas de lutas, que existiam na época e criou o Judô primordial, unindo a um poderoso método de ataque e defesa à exigências morais de civilização e aprimoramento humano.
Assim criou um método infalível de sucesso na vida cotidiana, aliando princípios éticos e morais a uma atividade física incomparável e poderoso método de ataque e defesa.
Apos criar o Judô, como método de ensino e prática, Jigoro Kano e sua equipe, desafiou todos os outros estilos de lutas existentes da época, e após vence-las publicamente uma a uma, em encontros instigantes, foi eleito o método oficial de preparação física da policia japonesa.
Com isto o Judô se popularizou e começou a migrar pelo mundo todo.
Como em todo o oriente, que fisicamente se situa próximo ao Japão, já existiam diversas artes e tipos de lutas corporais bem desenvolvidas, o Judô foi sendo rapidamente entendido e difundido.
Devido aos poderosos métodos de lutas já existentes no oriente, o Judô foi sendo mesclado a estes métodos e foi ganhando um novo perfil, mais forte e eficaz, para vitorias corporais, se remodelando completamente, e definitivamente, para o Judô atual que é ensinado e praticado nos clubes, academias e escolas.
O Judô criado por J. Kano era inicialmente muito diferente do atual.
O que se pratica, disputa e ensina-se hoje como Judô, tem muita influência de diversos estilos de lutas, principalmente das provenientes do oriente, e mais especificamente da antiga União Soviética.
Uma das imagens mais marcantes dos antigos jogos de ano novo Armênio (Navarsat) é a de dois lutadores em posição muito peculiar que usamos quando se luta Judô, que é o domínio dos braços.
Nós Armênios, temos instintivamente o Judô em nossa genética, Não é a toa que existem diversos Judocas de descendência Armênia radicados em diversos países, disputando os circuitos mundias de Judô.
Nossa genética tem identificação com o Judô e também com outras lutas vindas de milênios
Na famosa imagem dos lutadores nos jogos de ano novo ancestral Armênio, os dois lutadores dominam os braços um do outro, enquanto que Kano, afirmava que tal prática era contra indicada no Judô que criou, pois não permitia que o adversário efetue um ataque, e deve-se aprender a se defender de qualquer ataque.
Já no Judô atual, isto é quase uma obrigação para se ter exito em uma luta, demonstrando que o Judô atual tem estilo Armênio de lutar e se defender. É só revermos as lutas que ocorreram na Olimpíada de 2016 no Brasil, onde observa-se um típica disputa de lutadores Armênios no Navarsat, usando kinomos.
O Judô atual tem estilo Armênio de combate.
Um outo aspecto muito interessante que nós Armênios temos, e que nos integra ainda mais ao esporte Judô, é que das lutas existentes, o Judô é a que mais prega condutas de moral e regras sociais, tal qual pregadas pelo Cristianismo, e que fazem parte do berço da nossa comunidade, sendo elas de união, regras básicas de vida e benefício mutuo.
Para nós Armênios é fácil ganhar sem destruir, e mais, ganhar um combate e um amigo ao mesmo tempo.
Nossa técnica de luta é infalível, e foi imprimida em nossos genes a milênios através de uma conduta irrepreensível.
Isto é o Judô de hoje, mas nós Armênios o temos a muito tempo através de nossos ancestrais. Está na Genética dos Armênios.